Buscar
  • Arq. Cris Groenwold

Piso laminado ou vinílico: qual opção escolher?

Atualizado: 5 de mar. de 2021


Está querendo renovar um ambiente e não quer se envolver com obra pesada? Já cansou do seu piso atual e quer algo mais prático? O piso laminado ou piso vinílico pode ser a solução ideal para essa questão :)

Vamos entender um pouquinho mais sobre os dois e quais são os benefícios de cada um.


Piso laminado

Feito com HDF, um painel de madeira e ele vem em réguas, podendo ser instalado por encaixe ou cola sem cheiro. É um revestimento de fácil instalação e já é possível utilizá-lo após um dia. Além disso, pode ser desmontado facilmente e reaproveitado em uma nova casa. Outro aspecto a ser considerado, é que o contrapiso não precisa estar tão nivelado, diferente do vinílico.



Piso vinílico

É feito com PVC e o revestimento vem em réguas, placas ou mantas. O vinílico tem uma ótima reprodução visual da madeira, se assemelhando bastante ao material natural. Além de ter uma grande variação de estampas, o que é bem interessante :) Ao contrário do laminado, o vinílico demanda uma superfície nivelada, por isso, é importante fazer uma avaliação anterior do contrapiso.


Fazendo um comparativo entre os dois revestimentos:


Sobre o contato com a água, vale ressaltar que os vinílicos não podem ficar submersos em água por longos períodos, se não pode resultar no descolamento das réguas, já que a cola do revestimento não aguenta esse contato abundante com água.


Por isso, não são indicados para áreas que recebem um contato direto, por exemplo o box do banheiro. Cozinhas e banheiros podem ser utilizados caso você não faça a higienização do ambiente com baldes de água, fora isso, o vinílico é super indicado.

Já o laminado não pode ter nenhum contato com a água, se não pode estufar o revestimento.


Gostaram das informações? Agora você já pode mudar totalmente a sensação e atmosfera do ambiente com uma simples mudança de piso!

13 visualizações0 comentário